Veja todos os produtos que a Apple deve lançar em 2020


New feed

O ano de 2019 foi de muitos lançamentos para a Apple. A empresa não apenas manteve seu cronograma de lançamento, com três novos smartphones e um Apple Watch, como surpreendeu com o novo iPod Touch e dois novos AirPods. E o próximo ano promete ser tão agitado quanto se os rumores e relatórios estiverem corretos. Veja abaixo todos os produtos que a Apple deve lançar em 2020.

iPad Pro com câmera 3D

Reprodução


A empresa planeja lançar um novo iPad Pro com duas câmeras e um sensor 3D que vão possibilitar a reconstrução digital de ambientes, segundo Mark Gurman, da Bloomberg. O produto faz parte do plano da Apple de entrar no mundo da realidade aumentada, enquanto prepara o lançamento do seu fone de ouvido para 2021 ou 2022.

Gurman não é o único a falar sobre o novo iPad Pro com sensor 3D. Ming-Chi Kuo, analista da TF International Securities, conhecido por suas previsões da Apple, também disse o mesmo.

iPhone barato para suceder iPhone SE

Os fãs da Apple que não estão dispostos a gastar muito podem ter seu espaço em 2020. A empresa planeja lançar uma nova versão do iPhone SE no próximo ano. O modelo original, lançado em 2016, custava US$ 400, R$ 2.699 no Brasil.

A nova versão deve ser lançada no outono de 2020 com uma tela de 4,7 polegadas e o mesmo processador do iPhone 11, o chip A13 Bionic da Apple.

iPhone 12 e iPhone 12 Pro

Reprodução

A Apple lança seu novo iPhone sistematicamente todo mês de setembro e em 2020 não deve ser diferente. Espera-se que a próxima geração seja compatível com a rede 5G, tenha câmeras 3D e tamanho de tela atualizado para os modelos Pro, de acordo com vários relatórios.

Diz-se que o iPhone 12 e o iPhone 12 Pro devem chegar com a mesma tecnologia de digitalizar o ambiente que o iPad Pro, utilizando lasers para escanear seu redor. Segundo Kuo e o canal coreano ET News, a Apple deve mudar o tamanho das telas de seus celulares, com o modelo padrão com 5,4 polegadas, a linha Pro com 6,1 e o iPhone 12 Pro Max com 6,7 polegadas.

Apple Watch que rastreia sono

Reprodução

A empresa tradicionalmente lança seu Apple Watch junto com os novos celulares em setembro e espera-se que em 2020 ocorra o mesmo. A grande atualização para o relógio do próximo ano pode ter a adição da tecnologia de rastreamento do sono, recurso que a rival Fitbit oferece há muito tempo.

Além disso, o próximo Apple Watch deve incluir resistência à água aprimorada e um desempenho mais rápido.

Acessório para encontrar itens perdidos

A Apple está trabalhando em um dispositivo para ajudar seus usuários a encontrar itens perdidos usando o iPhone, de acordo com relatórios da 9to5Mac e MacRumors. O acessório seria semelhante ao rastreador Bluetooth e provavelmente consistiria em uma pequena etiqueta para ser colocada em itens que podem ser perdidos. Além disso, funcionaria com o aplicativo “Find My” do iPhone.

Ainda não está claro se a empresa planeja realmente lançar o acessório, mas existem referências a ele no software do iPhone. O dispositivo pode chamar AirTags e pode até usar realidade aumentada para mostrar ao usuário a direção do item.

Óculos inteligentes

Reprodução

Há uma chance de a Apple revelar seu primeiro óculos inteligentes no próximo ano. Mark Gruman, da Bloomberg, disse em outubro que a empresa está planejando o lançamento de seus óculos de realidade aumentada para 2020. Porém, recentemente ele afirmou que o lançamento pode vir apenas em 2023.

Ming-Chi Kuo afirmou que a Apple está trabalhando com outras empresas para que o óculos inteligente seja lançado ainda no próximo ano.

Pacote de serviços com Apple TV+, Apple News+ e Apple Music

A empresa pode oferecer três de seus serviços digitais como uma assinatura pacote em 2020. A Apple está considerando oferecer Apple News+, Apple TV+ e Apple Music como uma oferta única em uma tentativa de aumentar o número de assinantes. Essa iniciativa aumentaria a renda em serviços conforme a receita com o iPhone diminuir.

HomePod mais barato

Reprodução

De acordo com a Bloomberg, a Apple pode apresentar uma versão mais barata do seu alto-falante inteligente HomePod em 2020. O modelo incluiria dois ‘tweeters’ em vez dos sete da versão atual.

A empresa lançou o HomePad por US$ 350, custando entre R$ 2 mil e R$ 2,5 mil no Brasil, como uma tentativa de bater seus rivais Amazon Echo e Google Home. Um modelo mais barato pode tornar seu dispositivo mais acessível e atraente para os clientes da Apple.

Via: Business Insider