Google enfrenta processo por coleta de dados de crianças


New feed

Na última quinta-feira, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Ministério da Justiça, instaurou um processo administrativo contra o Google. A justificativa para a investigação é de que há indícios de que o YouTube realiza a coleta de informações de geolocalização de crianças e adolescentes sem o consentimento de seus pais. Segundo o órgão, o uso dessas informações ainda é incerto, mas é possível prever que a prática esteja ligada ao direcionamento de publicidade.

A empresa foi multada em R$ 9,9 milhões. Em nota, o Google declara que não segmenta anúncios individualmente. E que, a partir de janeiro, vai limitar a coleta e a utilização desse tipo de dado apenas para permitir o funcionamento do produto. Além de garantir que tratará os dados de todos que acessam conteúdo infantil como se fossem de uma criança, independentemente da idade do usuário.