Empresa chinesa realiza mais um teste com foguete reutilizável


New feed

As principais empresas de tecnologia espacial estão focadas em realizar viagens ao espaço de forma menos complicada e ecológica possível. Esse é o caso da LinkSpace, que no último final de semana completou seu terceiro teste bem-sucedido com foguete sustentável.

Reprodução

Foguetes reutilizáveis

A indústria espacial espera que os foguetes reutilizáveis ajudem a minimizar os custos exorbitantes das missões.

O custo médio para lançar um pequeno foguete, que necessita de uma aeronave de alta altitude para lançamento, é de US$ 25 milhões a US$ 30 milhões. A LinkSpace está trabalhando em um projeto de US$ 4.25 milhões, que pode ser lançado do chão, e principalmente, pode ser utilizado novamente.

O foguete RLV-T5, projetado pela empresa com sede em Pequim, voou por 50 segundos e alcançou 300 metros de altura antes de retornar à plataforma e pousar com segurança. A companhia espera superar esse desempenho com o RLV-T16 no ano que vem.

O Falcon 9, do programa SpaceX, foi o responsável pela corrida de foguetes reutilizáveis de empresas públicas e privadas da China, Europa, Japão, Rússia e Estados Unidos.

Fonte: Interesting Engineering