Novas falhas de segurança no WhatsApp


New feed

Durante a conferência de segurança Black Hat, realizada na semana passada na cidade americana de Las Vegas, pesquisadores de segurança da Check Point, discutiram três falhas encontradas no popular aplicativo de mensagens WhatsApp. Todas estão relacionadas à privacidade do usuário e mostram que a criptografia garantida nos termos de condições de serviços não é tão confiável quanto diz ser.

A equipe de segurança observou que um hacker poderia não apenas ler uma mensagem enviada por um membro e também alterar o conteúdo dela. A segunda falha descoberta permite que um hacker atribua uma mensagem a outra pessoa em vez do real remetente. E a terceira falha permite que um hacker disfarce uma mensagem pública como se fosse uma mensagem privada. O Facebook conseguiu resolver rapidamente apenas este último problema. As duas primeiras falhas continuam ameaçando usuários do WhatsApp em todo o mundo. O aplicativo foi adquirido pelo Facebook em 2014 por 21 bilhões de dólares e tem mais de 1,5 bilhão de usuários em mais de 180 países.