Facebook vai entregar à Justiça dados de usuários suspeitos de discurso de ódio

.
A França anunciou nesta terça-feira (24) um acordo para que o Facebook entregue à Justiça dados de identificação de usuários suspeitos de espalharem mensagens de ódio na plataforma. A decisão foi tomada depois de sucessivas reuniões entre Zuckerberg e Emmanuel Macron